Please enable JS
11, AGOSTO 2017

Expointer comemora 40 edições em 2017

Noticia

"O campo cria o futuro" é o tema da Expointer 2017, que acontece de 26 de agosto a 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O lançamento da feira ocorreu no Theatro São Pedro, na manhã de quinta-feira (10). O destaque deste ano é a comemoração das 40 edições de um dos maiores palcos da agropecuária na América Latina.

A celebração teve a apresentação do humorista Jair Kobe, o Guri de Uruguaiana, da Orquestra de Câmara do teatro e do CTG Rancho da Saudade. Vídeos contaram a história da feira e de quem fez a Expointer chegar a ser o que é hoje. Os cantores gaúchos Elton Saldanha, Daniel Torres e Erlon Péricles interpretaram a música tema dessa edição, “40 anos de História”.

“A cada edição da Expointer, celebramos a força do campo e dos nossos produtores, que mantêm seu dinamismo mesmo diante das dificuldades e seguem mostrando ao mundo o que há de melhor na agricultura e na pecuária do Rio Grande do Sul”, disse o governador José Ivo Sartori. Ele ainda salientou que a Expointer é um evento consolidado, “porque é resultado de uma construção coletiva”.

Sartori aproveitou para agradecer às entidades parceiras e ressaltar a importância do “agro” na economia gaúcha. “Vivemos tempos de travessia no Estado. E na caminhada rumo ao futuro, a Expointer é uma grande motivação. Uma clara demonstração da pujança, da superação e do potencial do setor primário no Estado. Porque o campo cria o futuro. E o nosso futuro é o Rio Grande”, afirmou Sartori.

Ao final da fala do governador, subiram ao palco o neto do ex-secretário de Agricultura, Luciano Machado - responsável pela transferência da feira do bairro Menino Deus para Esteio -, também Luciano Machado; e o filho do ex-secretário da Agricultura Edgar Sim - que levou a mostra para o Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, em 1972 -, Carlos Sim. Acompanhados do secretário da Agricutura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, apresentaram a bandeira original da Expointer de 1972.

Participaram do evento o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, deputados, secretários de Estado e dirigentes das entidades promotoras da 40ª Expointer: o presidente do Simers, Cláudio Bier; o diretor da Farsul, Francisco Schardong; o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva; o presidente da Febrac, Eduardo Finco; o presidente da Ocergs, Vergilio Périus; e o presidente da ABCC, Eduardo Sune.

Edição 40

Para a 40ª edição da Expointer, a expectativa dos organizadores é repetir os números de 2016, quando o volume de negócios chegou a R$ 1,92 bilhão. “Pelo cenário que estamos vivendo, se conseguirmos repetir o volume de negócios já é um bom resultado. É claro que a gente sempre busca mais, o desejo é esse. E se analisarmos as feiras que já aconteceram este ano, verifica-se uma pequena recuperação”, afirmou o secretário Ernani Polo.

Além dos negócios, Polo destacou que a Expointer é o espaço onde ocorre o encontro da cidade com o campo e “é uma oportunidade para o produtor adquirir conhecimento nos painéis, seminários e encontros técnicos”.

No ano passado, a venda de máquinas cresceu 12,95% em relação a 2015. As propostas e os negócios fechados durante a feira somaram R$ 1,9 bilhão. A comercialização de animais totalizou R$ 11,77 milhões.

Animais

A feira deste ano tem 3.207 animais de argola, de 88 raças, inscritos nas competições. Excluindo pássaros e aves, impossibilitados de participar devido à gripe aviária, o número se manteve estável em relação a 2016. Da raça holandesa, a Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando) recebeu a inscrição de 173 animais de 33 criadores oriundos de 19 municípios (Barão, Carlos Barbosa, Humaitá, Salvador do Sul, Fortaleza dos Valos, Santa Rosa, Ibiraiaras, Viamão, Serafina Corrêa, Teutônia, Anta Gorda, Casca, Pelotas, Boa Vista do Cadeado, Glorinha, Farroupilha, Gramado, Nova Petrópolis, Eldorado do Sul).

De acordo com o presidente da entidade, Jorge Fonseca da Silva, o número de animais é 7,5% maior do que o ano passado, quando participaram da exposição 161 animais. Segundo ele, este número de inscrições superou as expectativas, considerando o momento econômico do País e atribui o feito à dedicação e amor dos criadores da raça e ao incessante trabalho da equipe da Gadolando, liderada pelo superintendente técnico, José Luiz Rigon, que buscou motivar os criadores a participarem. Ele ressalta ainda a participação da AGdoBrasil, única empresa que atendeu o apelo de se fazer representar com animais oriundos de sua genética e o apoio das cooperativas Cooperlate, Cosuel, Languiru, Piá e Santa Clara, todas com a participação de animais.

Pela primeira vez, os ovinos naturalmente coloridos participam da exposição oficial com seis raças: Corriedale, Romney Marsh, Hampshire Down, Texel, Ile de France e Suffolk. No gado de corte, houve um aumento expressivo na participação da raça Normanda, que passou de oito para 25 animais inscritos, e um crescimento de 44% nas inscrições de zebuínos. Vinda de Minas Gerais, a raça Guzolando - de aptidão leiteira, resultado da mistura entre Guzerá e Holandês - é a estreante da feira.

As inscrições para os animais rústicos terminam no dia 14 de agosto, na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação, juntamente com a dos animais para leilão, provas e apresentações. O ingresso dos animais começa no dia 21, às 8h.

Agricultura Familiar

A 19ª Feira da Agricultura Familiar vai contar com 201 empreendimentos dispostos em 198 espaços e mais quatro cozinhas. São 145 agroindústrias familiares, 47 artesanatos rurais, plantas e flores. Ao todo, a mostra envolve 1.340 famílias de 131 municípios gaúchos. A feira terá também seis expositores de Minas Gerais. Em 2016, o Pavilhão da Agricultura Familiar superou os R$ 2 milhões em vendas.

“A Expointer é uma excelente oportunidade para o público da Região Metropolitana não apenas saborear e levar para casa produtos de alta qualidade, mas ver como o Rio Grande do Sul acredita e investe na agricultura familiar”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcisio Minetto.

Aplicativo

Como nos últimos dois anos, quem for à Expointer 2017 pode baixar o aplicativo que contém dicas e informações da feira.

Atrações

A programação conta com mais de 280 atrações simultâneas, entre exposições, palestras técnicas, shows e eventos culturais, além dos julgamentos e leilões de animais.

Melhorias

“O parque está pronto para receber os expositores e os visitantes da 40ª Expointer”, garantiu o subsecretário do Parque de Exposições Assis Brasil, Sérgio Bandoca Foscarini. Além de pintura e manutenção habituais, este ano, as placas de sinalização com referência às quadras foram trocadas. Também foi colocado asfalto novo na entrada do Portão 7.

O parque

O Parque Assis Brasil tem 45,3 mil metros quadrados de pavilhões cobertos, 70 mil metros quadrados de área de exposição, nove espaços para leilões, auditórios e 19 locais para julgamentos. A estrutura conta também com 10 mil vagas de estacionamento, postos médicos, restaurantes, agências bancárias e internet.

Fonte: Comunicação Seapi

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini